News & Politics

Podcast de doutrinação grouxo-marxista, um tour de farce da comédia.

Episodes

Salve, salve, meu populacho abençoado. Inaugurando um novo formato de recomendações, Orlando Calheiros e Stephanie Borges se voltam para livros que nos lembram de que há outras vidas além da distopia brasileira. Nossos guerreirinhos conversam sobre a obra de Ursula K. Le Guin, uma das escritoras mais importantes do século 20, traçando relações entre a literatura, o xamanismo, os sonhos e a capacidade de criar outras realidades. Alienígenas andróginos e colônias anarquistas na lua rendem histórias maravilhosas e podem nos dizer muito sobre as pessoas e as vidas da Terra e outros futuros possíveis.

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar? Apadrinhe o nosso projeto, custa muito pouco e você ainda ajuda na produção de conteúdo independente  https://www.padrim.com.br/benzina 

 

Leituras recomendadas para este episódio:

A mão esquerda da escuridão (Cupom de desconto 35%: URSULA35)

A curva do sonho

Os despossuídos

Play Now

Salve, salve, meu populacho abençoado. No episódio de hoje contamos com a volta definitiva da nossa dora milaje residente, Stephanie Borges. para discutir, entre outras coisa, a obsessão anal do nosso presidente, os aspectos predatórios da masculinidade euroamericana e a nossa incapacidade de lidar com a morte. Ainda, habemus poetica!

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar? Apadrinhe o nosso projeto, custa muito pouco e você ainda ajuda na produção de conteúdo independente  https://www.padrim.com.br/benzina 

Leituras recomendadas para este episódio. 

No Tempo das Catástrofes - Isabelle Stengers

Ideias para adiar o fim do mundo - Ailton Krenak

 

Play Now

Salve, salve, meu populacho abençoado. No episódio do hoje, Orlando Calheiros e Stephanie Borges entrevistam Kenia Freitas, doutora pela Escola da Comunicação da UFRJ, especialista em afrofuturismo. Aprenda a distinção entre afrofuturismo, afropessimismo e afro-surrealismo, sobre como autores - sobretudo autoras - afrofuturistas estão rompendo e renovando o gênero da ficção científica; ainda, uma longa digressão sobre os múltiplos códigos (a metáfora aberta) do filme Nós de Jordan Peele.

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar? Apadrinhe o nosso projeto, custa menos que uma passagem de metrô no Rio de Janeiro. https://www.padrim.com.br/benzina

Leituras recomendadas para este episódio.

Pantera Negra - Uma Nação Sob Nossos Pés (Ta-Nehisi Coates)

A Quinta Estação (N. K. Jemisin)

Quem Teme a Morte (Nnedi Okorafor)

Despertar (Octavia E. Butler)

Play Now

Salve, salve, meu populacho abençoado. No episódio de hoje escolhemos três notícias "bizarras" envolvendo o atual governo com o intuito de dar algum sentido ao momento político (e social) do país. Para essa missão hercúlea contamos com a presença dos ilustríssimos Carapanã (Viracasacas) e Zamiliano, (Revolushow).

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar? Apadrinhe o nosso projeto, custa menos que uma passagem de metrô no Rio de Janeiro. https://www.padrim.com.br/benzina

Livros recomendados:

Dica do Orlando: Meios Sem Fim - Giorgio Agamben

Dica do Zamiliano: Ódio como Polícia - Coletânea

Dica do Carapanã: Ficções - Jorge Luis Borges

 

Play Now

Salve, salve, meu populacho abençoado. No episódio de hoje tivemos a presença ilustre da Debora Salvi (vulgo Deborista) para, entre outras coisas, comentar a crescente falta de interesse da população pela ciência, o colonialismo que se expressa por meio de um incidente bizarro e, por fim, sobre apostas e a fragilidade da masculinidade.

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar? Apadrinhe o nosso projeto, custa menos que uma passagem de metrô no Rio de Janeiro. https://www.padrim.com.br/benzina

Livros recomendados:

A Invenção das Ciências Modernas de Isabelle Stengers

Quadros de Guerra: Quando a Vida é Passível de Luto? - Judith Butler

Play Now

Salve, salve, meu populacho abençoado, nesse programa apresentamos a segunda (e última) parte da entrevista que fizemos com o historiador, compositor e babalaô Luíz Antônio Simas, onde "terreirizamos" o estúdio com um ijexá para Oxalá, falamos sobre como a supremacia branca tenta capturar e conformar a matriz africana do nosso pensamento, sobre o jogo e a arte do Malandro.  

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar? Apadrinhe o nosso projeto, custa menos que uma passagem de metrô no Rio de Janeiro. https://www.padrim.com.br/benzina

Canal do Luiz Antônio Simas no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCS5nISm8SaRsB6K51DGgESg 

 

 

Play Now

Nesse programa apresentamos a primeira parte da entrevista que fizemos com o historiador, compositor e babalaô Luíz Antônio Simas, onde falamos sobre os heróis civilizadores do populacho, sobre a enzima africana do samba (e de samba), sobre a resistência que nasce na (da) diáspora africana, macumbas - é claro -, o problema do "sincretismo religioso", a forma como as elites brancas se apropriam de forma piedosa e folclorizadora dos cultos de matriz africana e muito mais. 

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar? Apadrinhe o nosso projeto, custa menos que uma passagem de metrô no Rio de Janeiro. https://www.padrim.com.br/benzina

 
Play Now

No episódio de hoje exploramos um tema polêmico (ie. uma sexta como qualquer outra): a famigerada discussão sobre apropriação cultural. Nossos apresentadores, Orlando Calheiros, Stephanie Borges e Tupá Guerra destrincham o tema, explicam o conceito de supremacia branca, e como ele dá origem a um mundo onde a vida dos não-brancos se torna um objeto de consumo. Ainda, discutem se de fato a ideia de apropriação cultural é um bom nome para esse evento. 

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar (e de quebra concorrer a brindes, fazer amizades e ler um zine diferenciado)? Apadrinhe o nosso projeto, custa menos que uma passagem de metrô no Rio de Janeiro. https://www.padrim.com.br/benzina

 
Play Now

Salve, Salve, meu populacho abençoado. No episódio de hoje discutimos os caminhos que permitem que a produção artística das periferias seja fagocitada por artistas da chamada "alta cultura", sobre como a necessidade do protagonismo da (e na) sociedade ocidental cria verdadeiros sociopatas e, por fim, sobre a utilização de entorpecentes nas artes funerárias. Bonus Round: Uma rápida discussão sobre os problemas do termos religião, ritual e cultura.

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar (e de quebra concorrer a brindes, fazer amizades e ler um zine diferenciado)? Apadrinhe o nosso projeto, custa menos que uma passagem de metrô no Rio de Janeiro. https://www.padrim.com.br/benzina

Play Now

Salve, salve, meu populacho abençoado, no episódio dessa semana contamos com a participação mais do que especial da fabulosa Dimitra Vulcana ( HQ da Vida e Doutora Drag). Aprendemos o que esse fenômeno chamado RuPaul's Drag Race tem a nos ensinar sobre a forma como usamos nossos corpos, codificamos o nosso Desejo e de como o capitalismo tenta se apropriar disso. 

Gostou do episódio, gostou do nosso trabalho e quer nos ajudar (e de quebra concorrer a brindes, fazer amizades e ler um zine diferenciado)? Apadrinhe o nosso projeto, custa menos que uma passagem de metrô no Rio de Janeiro. https://www.padrim.com.br/benzina

Trailer de Paris is Burning: https://www.youtube.com/watch?v=o47CwiJLpes 

Pickle Surprise: https://www.youtube.com/watch?v=N733Ofj2cVQ&t=27s  

Play Now

Load more